Total de visualizações de página

Páginas

sábado, 13 de fevereiro de 2016

O presente

Esse vídeo foi premiado internacionalmente... 

Muitas vezes odiamos nos outros o que odiamos em nós. A integração entre humanos e animais ou até mesmo com pessoas que tem os mesmos problemas que os nossos e os veem sob outra perspectiva, podem nos ajudar a superar nossas limitações e até mesmo nos tornar mais humanos. 

O video foi baseado nessa tirinha. http://www.revistapazes.com/content/uploads/2016/02/Tirinha_Perfeicao.jpg



Saudades de escrever aqui! 

Desejo muitos "presentes" para vocês!

Beijinhos! 

Maíra Nobre

quarta-feira, 9 de setembro de 2015



Daniel mostra os pecados que estamos cometendo contra a infância e aponta ´possíveis soluções.

Médico pediatra especialista em homeopatia e mestre em saúde pública, na área de promoção da saúde. Foi pediatra da organização Médicos Sem Fronteira em campos de refugiados na Ásia e fundou o CEDAPS – Centro de Promoção da Saúde – em 1993, uma ONG com forte atuação social em comunidades populares. Palestrante e consultor de órgãos governamentais, empresas e organizações internacionais esteve a trabalho em mais de 23 países.

domingo, 20 de julho de 2014

Ócio criativo!!!!


Sempre acreditei no poder do ócio criativo. O que fazemos no nosso momento de lazer, de forma prazerosa, sempre nos constrói pessoalmente e profissionalmente. 

 “Aquele que é mestre na arte de viver faz pouca distinção entre o seu trabalho e o seu tempo livre, entre a sua mente e o seu corpo, entre a sua educação e a sua recreação, entre o seu amor e a sua religião. Distingue uma coisa da outra com dificuldade. Almeja, simplesmente, a excelência em qualquer coisa que faça, deixando aos demais a tarefa de decidir se está trabalhando ou se divertindo. Ele acredita que está sempre fazendo as duas coisas ao mesmo tempo” (Domenico de Masi, O Ócio Criativo).


Seguem algumas indicações que pude me deleitar recentemente. 


Batismo de Sangue: Fiquei muito tocada com esse filme. Remeteu-me a minha recente visita ao museu da resistência em SP, aos livros que já li a respeito da ditadura (Brasil nunca mais, Tortura nunca mais, noite dos generais, entre outros) e às inúmeras histórias ouvidas por familiares que viveram e sofreram esse momento. 
Vale a pena assistir a mini-série exibida na TV Globo- Queridos Amigos (https://www.youtube.com/watch?v=F_8hgx40IMY)

Batismo de Sangue é um filme brasileiro, dirigido por Helvécio Ratton e lançado em 2007 no Brasil. Baseado no livro de Frei Beto, de mesmo nome, este filme retrata os dramas vividos por um grupo de seminaristas no fim da década de 60, quando estes decidem apoiar alguns grupos de esquerda que combatiam a ditadura militar, vigente no Brasil de então.
A experiência de resistência à ditadura, a prisão destes freis e as torturas pelas quais estes passaram são retratadas na película com grande fidelidade e o resultado deste tempo de terror será marcante em suas vidas, especialmente na de Tito, que não resiste às pressões das torturas e do exílio e acabada suicidando-se.

Terapia do amor: Rafi Gardet é uma mulher de 37 anos, que mora em Nova Iorque e se separou recentemente. Decidida a se dedicar à carreira, ela não quer se envolver em nenhum relacionamento amoroso, mas muda de opinião após conhecer David Bloomberg, um talentoso pintor de 23 anos, por quem se apaixona. Durante o começo desta nova relação, separada pela diferença de idades, Rafi é apoiada pela sua psicóloga, Lisa. O que Lisa não sabe é que o homem de 23 anos por quem a sua cliente se apaixonou é, na verdade, o seu filho. Lisa vê-se então em apuros para que nenhum descubra quem é quem, envolvendo-se em situações caricatas e muito divertidas.


Tchaikovsky: Swan Lake - The Kirov Ballet: “O Lago dos Cisnes” foi composto originalmente por Piotr Ilitch Tchaikovsky em 1876 em Paris, por encomenda do Teatro Bolshoi de Moscou. A obra é sobre a história do jovem Príncipe Siegfried, que se apaixona por Odette, uma rainha transformada em cisne por um feiticeiro malvado. Odette explica a Siegfried que ela está condenada permanecer como cisne até ser resgatada por um homem que jure amor eterno a ela. Depois de percalços, o principe consegue destruir o feitiço, transformar sua amada novamente em mulher e, juntos, viverem felizes para sempre.





      Michael Steven Bublé: é um cantorcompositor e ator canadense. Ele ganhou vários prêmios, incluindo quatro Grammys e dez Juno Awards. 

domingo, 10 de março de 2013

ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE A FORMAÇÃO DOS PROFESSORES NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL.  

                 As mudanças que ocorreram no setor produtivo nos últimos 20 anos deram um lugar especial à educação profissional. Vivenciamos nesta ultima década uma forte expansão do setor tanto no setor público quanto no privado, diga-se de passagem, também financiado pelo setor público. Com base em Zarifian (2001, p. 135), pode-se afirmar que há uma mudança de eixo nas relações entre trabalho e educação, a partir da mediação da base microeletrônica com seus impactos nas formas de toyotistas de organizar o trabalho, que se evidencia a partir da mudança na natureza do trabalho, que deixa de significar fazeres, para passar a significar intervenção. Tem-se a necessidade de que a formação dada a esses profissionais que atuarão no setor produto produtivo que os conhecimentos adquiridos nesse formação transformem-se em competências. 
o desenvolvimento de competências cognitivas complexas e de
relacionamento, tais como análise, síntese, estabelecimento de
relações, criação de soluções inovadoras, rapidez de resposta,
comunicação clara e precisa, interpretação e uso de diferentes
formas de linguagem, capacidade para trabalhar em grupo,
gerenciar processos para atingir metas, trabalhar com prioridades,
avaliar, lidar com as diferenças, enfrentar os desafios das mudanças
permanentes, resistir a pressões, desenvolver o raciocínio lógicoformal
aliado à intuição criadora, buscar aprender
permanentemente, e assim por diante (Kuenzer, 1999).
      Dessa forma tem-se a necessidade de que o conhecimento a ser trabalhado seja articulado entre teoria e prática. Assumindo a forma de Práxis. Há de se ressaltar nesse contexto o trabalho da Marise Ramos (2001), que desenvolver competências não é atribuição da escola apontando que o desenvolvimento de competências acontece no espaço laboral, embora os processos escolares contribuam para este desenvolvimento através da promoção do acesso ao conhecimento e ao domínio do método científico, desde que integrados à prática social. 
      Dentre essas importantes necessidades de formação supracitada faz-se uma reflexão sobre a formação do professor da educação profissional. Sabemos que muitas vezes esses professores vem de bacharelados, engenharias com pouco ou nenhum conhecimento na área didática. Sem um curso de licenciatura. Há de considerar que ser um bom engenheiro mecânico não significa ser um bom professor,capaz de transpor o conhecimento científico para os espaços escolares. 
     Para entendermos como a formação de professores vem sendo tratada na educação profissional, faz-se necessário uma análise histórica contextualizando essa formação nesse processo. 

Em construção...

sábado, 9 de março de 2013



Diário de classe

Participar da disciplina Saberes da Tradição me proporcionou a quebra da vários paradigmas que eu tinha em relação à educação. O primeiro deles é em relação à hierarquização que eu percebia entre saberes científicos e saberes da tradição. Pude perceber que esses saberes possuem formas elementares de se conceber e atuar assim podem complementar-se.  Há razões justificáveis para esse meu equívoco . A ruptura entre conhecimento popular e científico (ou erudito e popular) em nossa cultura é uma herança da revolução científica no Ocidente, desde Copérnico, passando pelo pensamento inaugurador da modernidade, o Iluminismo. Mesmo na pós-modernidade, quando se relativizam as certezas e a própria noção de verdade, a ciência não perde seu papel central na cultura, atestando o saber que pode ser reconhecido como válido ou legítimo.
Outra quebra de paradigma que tive foi em relação o termo “ Sociedade do conhecimento” o qual eu sempre utiliza em citações em meu trabalho e assim caracterizava em minhas aulas como um elemento novo que transitava em diversas áreas como educação, economia, ciência e tecnologia. São características dessa conjuntura: competitividade, individualismo, livre concorrência, qualidade total, consumo exagerado, mão de obra qualificada que domine os meios tecnológicos, globalização, perda de hegemonia e identidade, dentre outros. Outra característica marcante destas sociedades é que o conhecimento teórico e os serviços baseados no conhecimento tornam-se os componentes principais de qualquer atividade econômica. Com as leituras da disciplina e com as discussões feitas em sala pude refletir que: o conhecimento sempre fez parte das diversas relações humanas aparecendo nas formas pictóricas, orais, escritas, digitais, dentre outros e que sim vivemos na sociedade da hiperconexão como mundo digital centralizando múltiplos usos, e variadas formas de sociabilidade.
Assim pude concluir a disciplina considerando essa interação com os saberes da tradição necessária a nossa condição de ser  humano, de forma holística.assim como contribui para o desenvolvimento da ciência e da preservação do planeta.

Maíra Nobre de Castro
Disciplina: Educação, Saberes da Tradição e Autoformação
Mestrado em Educação UERN


quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Discurso Sobre a Servidão Voluntária
Etienne de La Boétie

Morreu aos 33 anos de idade, amigo pessoal do filósofo  Michel de Montaigne que herdou e compilou seus manuscritos. Sua principal obra " Discurso Sobre a Servidão Voluntária" é considerada percursora do pensamento Anarquista e tem uma concepção libertária.